João Branco tem julgamento adiado para o dia 5 de maio, diz TJAM

March 22, 2017

 

O julgamento de João Pinto Carioca, conhecido como 'João Branco', que seria realizado no dia 28 de abril, foi adiado para o dia 5 de maio. De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), o adiamento se deu devido a intenção da juíza de fazer o julgamento dos réus Diego Bruno de Souza Moldes e 'João Branco' na mesma sessão.

 

Além de ser apontado pela Polícia Civil como líder de uma facção criminosa que age de dentro dos presídios de Manaus, o narcotraficante também é considerado suspeito de ter 'encomendado' a morte do delegado Oscar Cardoso, em março de 2014.

 

Ele também era um dos 19 presos que fugiram do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) no dia 18 de março de 2014. Na época, João Branco cumpria pena no regime semiaberto. O mandado de prisão dele, expedido 53 dias após a fuga, tem validade até 17 de março de 2034.

 

O Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) denunciou à Justiça, em fevereiro do ano passado, cerca de 100 pessoas ligadas à organização criminosa autointitulada Família do Norte (FDN), por crimes como tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e organização criminosa, entre elas, João Branco.

 

FONTE: D24AM

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now