Assaltantes levam carro e joias após renderem cinco em residência

March 16, 2017

 

Cinco pessoas ficaram reféns de assaltantes por mais de duas horas em uma casa na Zona Centro-Oeste de Manaus, nesta quarta-feira (15). Pelo menos três homens armados invadiram a residência localizada no bairro Dom Pedro e levaram um carro, joias, eletroeletrônicos e vários documentos. O proprietário do local foi agredido. Ele diz que assaltos no bairro são frequentes. Nenhum suspeito foi preso.

 

O proprietário da casa, Artêmio Rufino, de 66 anos, disse que estava em seu quarto quando foi surpreendido.

 

Segundo ele, os assaltantes chegaram ao local em dois veículos ainda não identificados, abordaram um homem que realizava obras na residência e o obrigaram a entrar. Três pessoas que passavam pela rua no momento da abordagem também foram rendidas.

 

"Eu cheguei por volta das 13h15 e almocei, depois dei um tempo deitado. Quando vi eles já chegaram apontando a arma para mim e dizendo: 'perdeu'. Eu fiquei deitado com as mãos e os pés amarrados de cara pro chão. Eles tiraram cadarços dos sapatos e cortaram algumas roupas para poder amarrar o pessoal, pisaram na minha cabeça, andaram em cima do meu corpo e torturam geral. Eram três rapazes armados, mas na posição que eu estava eles não deixavam eu sequer levantar a cabeça", relatou a vítima.

 

Oliveira contou ainda que os suspeitos permaneceram por mais de duas horas no interior da residência, fazendo constantes ameaças. Os homens utilizaram um veículo que estava na residência para fugir do local com os produtos roubados. Joias, eletroeletrônicos, roupas, cosméticos, ferramentas e um carro foram levados.

 

"Eles arrumaram tudo e pegaram um monte de sacola que eu tinha para colocar roupas, perfumes e tudo. Por último, retiraram as TVs. Aí eles desceram, colocaram as coisas dentro do carro que estava aqui [na garagem]. Daí tiraram o carro, deixaram na esquina, entraram com um outro carro e encheram [de pertences roubados], depois de novo. Foram três carros", disse.

 

O proprietário relatou ainda que contou com a ajuda de um dos reféns para se desamarrar após a fuga dos criminosos.

 

"Ele desceram todas as coisas, trancaram a porta do quarto onde a gente estava. Um deles pegou uma faca e deixou em cima de um baú. Ele [suspeito] desamarrou a mão de uma mulher que estava conosco [como refém].

Antes de sair, eles disseram: 'quando vocês não ouvirem mais barulho de carro aí vocês se desamarrem'. Só depois disso que a moça veio e desamarrou todo mundo", comentou.

 

Após conseguir sair da residência, o proprietário do local chamou a polícia, mas até a noite desta quarta nenhum suspeito foi localizado. O caso foi registrado no 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

 

FONTE: PORTAL G1

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now